A Simulare lançou no primeiro trimestre de 2017 sua primeira edição do Torneio Empreendedor, uma competição direcionada para estudantes de todo o Brasil com os objetivos de estimular o empreendedorismo e desenvolver competências de gestão de negócios com o uso de jogos e simulação gerencial.

Veja abaixo como foi a jornada.

Simulação Gerencial: a origem de tudo

A Simulare, empresa sediada em Florianópolis, é quem que está por trás do Torneio. A empresa desenvolve e comercializa um software de simulação gerencial, conhecido também como jogo de empresas, que proporciona aos participantes a prática da gestão de um negócio em um ambiente altamente competitivo.

O software é comercializado desde 2008 para centenas de universidades brasileiras, de norte a sul do país. Segundo Tiago, diretor de tecnologia da empresa, a ideia inicial era fazer uma competição com o uso do simulador entre as universidades clientes da Simulare, mas o projeto acabou tomando outra forma, abrangendo, também, qualquer pessoa que estivesse regularmente matriculada em alguma instituição de ensino credenciada pelo MEC, incluindo cursos técnicos, de graduação e pós.

Como a expectativa do número de participantes aumentou, a Simulare agregou ao projeto um outro Software, desenvolvido e comercializado por outra empresa, a Keeps. A Keeps entrou como apoiadora do Torneio e ofereceu um aplicativo para smartphones e tablets de perguntas e respostas, conhecido também Quiz, que é utilizado na primeira etapa do Torneio como uma espécie de preparação para entrar no simulador. O resultado, segundo a Simulare, foi excelente, “a simulação gerencial é bastante complexa, com relatórios e gráficos contendo termos econômicos, contábeis e financeiros. Com o Quiz foi possível motivar o participante a estudar antes de entrar no simulador. Quem respondia o Quiz, além se preparar melhor, já acumulava pontos para a competição”.

“A parte mais complexa e cara, que era desenvolver os dois softwares, já estava resolvida. Concentramos os esforços para elaborar as perguntas e respostas do Quiz, materiais de apoio, cronograma, regulamento e página do Torneio”, revela Tiago.

Resumo sobre o Torneio

Objetivo Principal

Estimular o empreendedorismo e desenvolver competências de gestão de negócios com o uso de jogos e simulação gerencial.

Como Funciona

Inicialmente os participantes devem realizar a inscrição de sua equipe pelo site do Torneio. A inscrição tem um custo de R$ 30,00 por equipe. Cada equipe pode ter até três integrantes mais um professor. As equipes regularmente inscritas competem entre si no decorrer do torneio em, pelo menos, duas das quatro etapas.

As atividades são organizadas por um cronograma prévio que estabelece o início, fim e prazos limites para cada uma das etapas.

As cento e setenta¹ melhores equipes – aquelas que mais pontuarem nas duas primeiras etapas – avançam para a terceira etapa e, posteriormente, as vinte¹ melhores avançam para quarta e última etapa. A pontuação é obtida por meio de dois jogos:

O primeiro, utilizado na Etapa I, é um aplicativo que deve ser baixado no celular e funciona como um Quiz, um jogo de perguntas e respostas (múltipla escolha) relacionadas ao tema, que pontua as perguntas respondidas corretamente.

O segundo, utilizado nas demais etapas do Torneio, é um software simulação gerencial e permite que as equipes simulem a gestão de uma empresa em ambientes altamente competitivos, tomando diversas decisões com base em notícias, relatórios e gráficos gerenciais. O nível de complexidade aumenta a cada etapa.

¹ Estes números são calculados de acordo com o total de inscrições e podem ser ajustados em uma próxima edição.

Premiação

Com o objetivo de incentivar a participação de todos, a Simulare premiou os vinte finalistas – aqueles que chegaram até a quarta e última etapa:

  • 1º Lugar R$1.800,00
  • 2º Lugar R$1.500,00
  • 3º Lugar R$1.200,00
  • 4º Lugar R$600,00
  • 5º Lugar R$500,00
  • 6º Lugar R$400,00
  • 7º Lugar R$300,00
  • 8º Lugar R$250,00
  • 9º Lugar R$200,00
  • 10º Lugar R$150,00
  • 11º Lugar R$140,00
  • 12º Lugar R$130,00
  • 13º Lugar R$130,00
  • 14º Lugar R$120,00
  • 15º Lugar R$120,00
  • 16º Lugar R$120,00
  • 17º Lugar R$100,00
  • 18º Lugar R$100,00
  • 19º Lugar R$100,00
  • 20º Lugar R$100,00

Resultados da Primeira Edição

  • Período de inscrição: 06/02/2017 até 31/03/2017
  • Valor da inscrição: R$ 30,00
  • Quantidade de equipes regularmente inscritas: 820
  • Equipes com 1 integrante: 246
  • Equipes com 2 integrantes: 199
  • Equipes com 3 integrantes: 375
  • Quantidade de alunos envolvidos: 1.769
  • Total de Estados participantes: Todos + DF
  • Estados com as maiores participações: SP (158), MG (115), PR (69) e RJ (58)
  • Valor Total Premiação: R$ 8.060,00

Finalistas

As 20 equipes finalistas foram aquelas que mais acumularam pontos no decorrer das Etapas I, II e III. Elas vieram de instituições públicas e privadas, de graduação e pós graduação, e de diversos cursos. Veja, abaixo, as equipes finalistas ordenadas pelo resultado final.

Ranking Final da Primeira Edição do Torneio Empreendedor

Ranking Final da Primeira Edição do Torneio Empreendedor

USJT – Universidade São Judas Tadeu e UEM – Universidade Estadual de Maringá merecem um destaque especial nesta edição, pois emplacaram, respectivamente, quatro e duas equipes na final. Destas, quatro ficaram entre as cinco melhores.

Equipe campeã

A equipe campeã veio de uma universidade estadual do Paraná, a UEM. A equipe ‘P&B_UEM’ comandada pelos alunos Lucas Pizzi Rotta e Angelo Henrique Begnossi, do curso de Engenharia de Produção, destacou-se em todas as etapas, incluindo a última e mais importante, onde o nível de simulação gerencial era, segundo a coordenação do Torneio, ‘Monstro’.

Lucas e Ângelo - Equipe P&B_UEM, campeã do Torneio

Lucas e Ângelo – Equipe P&B_UEM, campeã do Torneio

“Poucos meses antes do início do 1º Torneio Empreendedor, nós havíamos tido o primeiro contato com um jogo de simulação empresarial, já no penúltimo ano de graduação do curso de Engenharia de Produção na Universidade Estadual de Maringá. Por coincidência, este jogo foi fornecido pela Simulare, a empresa que depois teríamos maior contato. Como obtivemos sucesso e gostamos da simulação na Universidade, além de já ter interesse na área de empreendedorismo, decidimos nos inscrever no Torneio para adquirir mais conhecimentos e ver até onde poderíamos chegar. A princípio o desejo era de, se possível, chegar à final, mesmo sabendo das dificuldades que enfrentaríamos pelo caminho e da grande quantidade de equipes participantes.

 

Com o decorrer das fases do Torneio, fomos adquirindo mais experiência e ganhando ‘corpo’ para o restante da competição. No momento em que conseguimos chegar a tão desejada final, a satisfação foi grande, e a partir daí trabalhamos para obter a melhor posição possível, sempre com humildade e sabendo das dificuldades crescentes que o jogo oferecia. Nas rodadas finais da final, a ansiedade era grande antes de cada resultado simulado, e só realmente acreditamos que fomos os campeões na liberação da rodada final, e aí sim pudemos comemorar o título do 1º Torneio Empreendedor.

 

De forma geral, nós da empresa P&B_UEM gostaríamos de agradecer a empresa Simulare, que por meio deste Torneio Empreendedor nos proporcionou um grande aprendizado, seja por meio de conhecimentos técnicos relativos à gestão de empresas ou com relação ao desenvolvimento do trabalho em equipe. Muitos podem pensar que, por tratar-se de simulação de empresas fictícias (virtuais), a tomada de decisão pode ter sido fácil, porém não foi bem assim, visto que as muitas variáveis que são trabalhadas nas simulações estão presentes no cotidiano das organizações, o que requer um bom tempo de análises, estudo e a formação de uma boa equipe de trabalho para a obtenção do sucesso.”, relata a dupla campeã.

Completaram o pódio, também, as equipes ‘Fênix 3’, formada por alunas da USJT e a equipe ‘VaiOuRacha’, formada por alunos da UEM.

Equipe Fênix, vice-campeã do Torneio Empreendedor

Fernanda, Patrícia e Sarah – Equipe Fênix, vice-campeã do Torneio

“O Torneio nos proporcionou uma experiência surpreendente com desafios e conquistas. Através dele foi possível aplicar teorias aprendidas na sala de aula, adquirir conhecimentos novos e vivenciar a administração efetiva de diversas empresas. Agradecemos em especial ao coordenador do Torneio, Tiago Piccinin, pelas orientações e pela disponibilidade de nos proporcionar e nos mostrar novos horizontes, também temos um agradecimento especial ao nosso orientador, professor Alexandre Merofa, pela paciência, tempo, dicas preciosas e dedicação. Todos os envolvidos na elaboração e aplicação desse torneio estão de parabéns!” – Fernanda Pereira do Nascimento, Patrícia Pinheiro Estrela e Sarah Siqueira Barbosa, vice campeãs do Torneio e alunas de Administração da Universidade São Judas Tadeu.

Palavra Final da Coordenação do Torneio

 

Tiago - Coordenador do Torneio e autor das piadas sem graça durante a competição

Tiago – Coordenador do Torneio e autor das piadas sem graça durante a competição

“Foi um grande prazer conduzir os jogos, orientar e interagir com os participantes. Saber que pudemos contribuir e fomentar, dentre os estudantes, a gestão e o empreendedorismo é gratificante demais. Com o uso do nosso software de simulação gerencial e uma pitadinha de bom humor, acredito que conseguimos agradar a maior parte dos participantes do Torneio.

 

Nossa meta inicial era ter 300 equipes inscritas, mas para nossa surpresa, mais de 800 equipes participaram… Foi um pouco assustador, confesso, saber que teríamos que lidar com mais de 1700 alunos, mas tentamos ser precisos nos materiais de apoio e no webinar que realizamos no começo do Torneio para dirimir as principais dúvidas e evitar a frustração dos estudantes.

 

Durante todo o Torneio, aliás, não medimos esforços para escutar, responder e aceitar as críticas e sugestões que nos foram enviadas. Procuramos sempre ser transparentes e justos com todos os envolvidos.

 

Algumas coisas precisam melhorar, algumas regras podem sofrer algumas alterações futuramente, mas de uma forma geral ficamos muito satisfeitos com a primeira edição, em especial, pois recebemos relatos e depoimentos muito positivos.

 

Agradeço demais aos participantes e envolvidos na coordenação da Primeira Edição do Torneio Empreendedor. Esperamos fazer uma competição ainda melhor em breve” – Tiago Piccinin – Coordenador do Torneio.

 

Gostou deste post? Não deixe de assinar nosso newsletter para receber notificações de novos conteúdos em seu e-mail.

English EN Portuguese PT Spanish ES