Os novos hábitos neste Século XIX, desde a forma de assistir notícias até o jeito de cozinhar, evoluíram principalmente por conta das ferramentas que usamos no dia a dia. E a educação reflete esse panorama, o que faz as instituições usarem a tecnologia na sala de aula para se aproximarem da realidade de seus alunos.

Nesse contexto, também está a valorização da experiência do alunado, que tem um acesso mais rápido à informação e também uma forma diferente de lidar com o conhecimento.

Neste post, vamos abordar esse tema, indicando como usar a tecnologia na sala de aula. Acompanhe!

Entenda como se acessa a informação no dia a dia

Não há como dizer que a sala de aula é algo destacado do nosso cotidiano. Por isso, até para despertar o maior interesse em seus conteúdos, vale a pena saber como a informação é consumida no dia a dia dos seus alunos.

São canais do Youtube? São portais de notícias? Eles assistem televisão? Que tipo de conteúdo eles veem? Seriados, filmes, documentários? Ouvem músicas e prestam atenção na letra (sejam elas em português ou outra língua)?

Compreender esse tipo de comportamento pode ajudar a trazer a tecnologia para a sala de aula e, melhor ainda, vai aproximar a disciplina do formato pelo qual seu aluno realmente se interessa.

Use recursos tecnológicos para prender a atenção

Tendo em vista a velocidade de como as informações chegam até os seus alunos, é perceptível que eles também se cansam rapidamente para, em seguida, já acessar outros dados. Por isso, é importante ter recursos tecnológicos para conseguir prender a atenção do alunado a fim de auxiliar na fixação das matérias.

Isso pode ser feito por meios audiovisuais, tablets, aplicativos e plataformas, lousas digitais, gamificação e outras ferramentas, trazidas para a sala de aula. Entre elas, temos simuladores e jogos que podem, inclusive, trazer à tona experiências que enriquecerão bem mais sua performance docente, usando também o lúdico.

Aproxime-se de seus alunos com a tecnologia em sala de aula

Seja qual for o nível — fundamental, médio ou superior — seus alunos usam a tecnologia. E você também! Por isso, trazer esse viés para a sala de aula pode, além de proporcionar experiências melhores com relação ao conteúdo, como já mencionamos, aproximar o professor e o alunado.

Portanto, é possível utilizar-se da internet, redes sociais, canais do Youtube, tudo em prol do processo de ensino e aprendizagem, melhorando todo o caminho entre o que o aluno deve aprender e aplicar, visando tanto sua formação profissional como pessoal.

Isso porque, quando a tecnologia é usada com bom senso, de maneira contextualizada, é possível criar empatia entre o docente e seus alunos, enriquecendo bem mais as aulas.

Utilize a tecnologia para trabalhar as dificuldades

A tecnologia na sala de aula pode ir além da aplicação dos conteúdos e exposição das informações para os alunos. Ela auxilia, e muito, na hora de verificar as dificuldades dos alunos, trazendo dados e relatórios tanto com análises individuais quanto coletivas, relacionando-as até com pesquisas feitas em outras instituições.

O professor que utiliza os recursos tecnológicos consegue de forma bem mais simples saber o que pode melhorar para seus alunos se desenvolverem melhor e vencerem os próprios desafios.

Agora você já sabe como usar a tecnologia da sala de aula. Quer acompanhar em primeira mão conteúdos que certamente vão enriquecer seu trabalho na educação? Acompanhe nossa página no Facebook!

English EN Portuguese PT Spanish ES